O potencial de poupança num edifício tem início na excelência do projeto de arquitetura e inerentes projetos das especialidades, em estreita sintonia com o nosso cliente preocupado, não só com o conforto dos seus ocupantes, mas também com a sustentabilidade energética do mesmo.

 

A opção por estratégias corretas em todas as áreas técnicas do edifício, em especial nas de AVAC e eletricidade, devidamente planificadas e coordenadas, articuladas com a correta seleção de equipamentos, adequadamente dimensionados, são essenciais para poder atingir esses objetivos.

 

O sistema de Gestão Técnica Centralizada, vulgarmente conhecida pelo acrónimo GTC é o instrumento que permite, ao longo dos muitos anos de vida expectável do edifício, estabelecer, adaptar e readaptar, estratégias operacionais, monitorizar todos os sistemas vitais do edifício e apoiar efetivamente o seu gestor técnico na operação diária de modo a satisfazer, com eficiência, as suas reais necessidades.

 

 

 

A ElectroFlow implementou recentemente um sistema GTC no Santo da Serra Golf onde o sistema de bombagem das várias lagoas dos três campos de golf foram convenientemente interligados com o sistema de rega, totalmente automatizado, monitorizado e controlado de forma completamente autónoma, em função da informação recebida de diversos sensores distribuídos pelos vários campos.

 

 

 

Um projeto com alguma complexidade mas que acabou por resultar numa enorme poupança energética para o nosso cliente.